Falando em Agile - Dia 1

on October 23, 2008 23:29

Consegui fazer a minha inscrição de última hora, então hoje fui ao Falando em Agile, evento promovido pela Caelum cujo tema são os métodos ágeis.

Foi legal ver o Alexandre Magno, professor do curso de Certified Scrum Master que fiz, e o Fabiano Milani, assistente deste curso, e eles me reconhecerem. Só não fizeram o cumprimento secreto :)

O evento começou com o keynote de David Anderson, membro do time que criou a FDD. Ele focou seu keynote na qualidade de código e como o sistema kanban pode ajudar na sua receita para o sucesso:

  • Foco em qualidade
  • Reduzir (ou limitar) o work in progress
  • Equilibrar demanda e taxa de transferência
  • Priorização
  • Reduzir a variabilidade

Depois do almoço foi a palestra do Danilo Sato e do Francisco Trindade, da ThoughtWorks, que falaram sobre "Agilidade de Tartaruga", ou seja, problemas que eles encontraram na vida real ao implementar métodos ágeis em clientes. O que ficou da palestra foi a seguinte frase:

Métodos ágeis para muitos são práticas, mas o importante são os princípios.

Em seguida tivemos a paletra do Adail Retamal, que falou sobre Agile Thinking (pensamento ágil). Apresentou ferramentas como mind maps e UML em cores, e explicou a Teoria das Restrições. Após o coffee-break o pessoal da SEA Tecnologia, de Brasília, apresentou um case de sucesso de métodos ágeis na Aeronáutica, lidando com uma cultura militar, mais rígida.

José Papo falou sobre um assunto que ainda gera muitas dúvidas: como elaborar contratos que contemplam métodos ágeis? Apresentou os problemas dos métodos tradicionais de contratação (preço fixo) e também as alternativas (contratos de escopo variável, aquisição progressiva).

A última palestra do dia, na minha opinião a melhor, talvez pelo meu interesse no assunto, foi do Guilherme Chapiewski, da globo.com, que falou sobre "Liderando Equipes Ágeis". As características de um líder de equipes ágeis, o que deve e o que não deve fazer para proteger e motivar sua equipe.

É isso aí, amanhã tem mais.

comments powered by Disqus